Dra. Tatiana Varella

   CRM 13.783-DF

Médica Formada pela

Faculdade de Medicina

da USP

Residência Médica em

Dermatologia no Hospital

das Clínicas da Faculdade

de Medicina da USP

Título de Especialista em

Dermatologia pela

Sociedade Brasileira de

Dermatologia

Médica Colaboradora do

Ambulatório de Câncer de

Pele da Universidade de

Brasília (UnB)

Eletrocoagulação

 

É um dos procedimentos cirúrgicos mais utilizados pelos dermatologistas. Consiste na destruição de lesões com o uso do aparelho de eletrocoagulação. Esta aparelho produz uma faísca elétrica que destrói o tecido pela desidratação, ruptura e carbonização das células.

No início do procedimento, é necessária a realização de anestesia local. Antes da eletrocoagulação, pode-se remover a lesão desejada com uma tesoura ou com uma lâmina (técnica de shaving). Outra técnica bastante utilizada em associação com a eletrocoagulação  é a curetagem, uma espécie de raspagem realizada com um instrumento denominado cureta, que remove o tecido eletrocoagulado.

Após o procedimento forma-se uma crosta, que é eliminada gradativamente com a cicatrização da ferida cirúrgica.

Este procedimento é indicado para o tratamento de verrugas virais, queratoses seborréicas, acrocórdons (popularmente denominados verruguinhas), queratoses actínicas (lesões pré-cancerígenas), câncer de pele não melanoma (carcinoma basocelular, queratoacantoma), dentre outros.

 

Endereço: SHLS 716 - Ed. Centro Clínico Sul - Torre II - Sala 420 - Asa Sul
Brasília - DF - Cep. 70.390-700
Telefones: 61 3345-5505 - 61 3346-7918

 

 

Produzido por LC Designer